quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Bebê morreu engasgado com leite materno um dia antes de conhecer o pai em MS

Polícia Civil trata o caso como morte acidental.
(Foto: Maressa Mendonça)
(Foto: Maressa Mendonça)

Mãe do bebê de três meses que engasgou com leite materno e morreu na manhã de sexta-feira (19) morava em Dourados (MS) e viajou até Campo Grande (MS) para apresentar o filho ao pai da criança. Ele está preso na capital e pode receber visitas apenas aos fins de semana.

De acordo com a delegada Nelly Macedo, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), perícia na casa onde a mãe se hospedava e relato de testemunhas mostram que a morte foi acidental.

“O bebê era saudável, não tinha problemas de saúde e vinha se desenvolvendo normalmente. Por volta das 4h ela (mãe) levantou, deu de mamar e voltou a dormir. Infelizmente o bebê rolou durante o sono e sufocou com o leite”, disse.

Quando a mãe acordou, viu que a criança estava sufocada e tentou reanimá-la. Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e estiveram no local, mas o bebê não resistiu.

Conforme a delegada, a mãe ficou muito abalada, principalmente porque não conseguiu levar o bebê para apresentar para o pai da criança.

A mulher tem 32 anos e prestou depoimento na manhã de sexta-feira. Conforme a delegada, ela tem outros filhos, mas eles ficaram em Dourados.

O laudo necroscópico ainda vai constatar a causa da morte e deve ficar pronto em até 10 dias.

Com informações do G1

Veja também
Dívidas renegociadas no Desenrola Brasil somam R$ 35,6 bilhões

Dívidas renegociadas no Desenrola Brasil somam R$ 35,6 bilhões

Mais de 12 milhões de pessoas já refinanciaram débitos.

“Se advogados tiverem acesso ao processo, eu vou falar”, diz Bolsonaro sobre depoimento à PF

“Se advogados tiverem acesso ao processo, eu vou falar”, diz Bolsonaro sobre depoimento à PF

Ex-presidente foi intimado para esclarecer a suposta tentativa de golpe de Estado no país, revelada pela Operação Tempus Veritatis.

Governo quer usar antecipação da privatização da Eletrobras para baratear contas de luz, diz ministro

Governo quer usar antecipação da privatização da Eletrobras para baratear contas de luz, diz ministro

Alexandre Silveira afirma que proposta seria descontar títulos da União para quitar dívidas feitas pelas distribuidoras quando financiaram “Conta Covid” e bandeira de “escassez hídrica”.