Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Chuvas fortes obrigam 1,5 mil pessoas a deixarem casas no Paraná; mais de 4,5 mil imóveis foram danificados, diz Defesa Civil

Balanço deste domingo (29) considera estragos registrados desde a última quinta (26) em todo o estado.

As chuvas voltaram a ganhar força no Paraná e obrigaram 1.500 pessoas a deixarem as casas desde a última quinta-feira (26). É o que informa boletim da Defesa Civil estadual divulgado às 11h30 de domingo (29).

De acordo com o órgão, mais de 18,4 mil pessoas foram afetadas pelos temporais e pelo menos 4.545 imóveis foram danificados em 43 cidades paranaenses.

Também de acordo com a Defesa Civil:

  • 604 pessoas permanecem desalojadas, são aquelas que precisaram deixar a casa em virtude do desastre, mas que não precisam de abrigo público por se refugiarem na casa de parentes ou amigos;
  • 398 pessoas permanecem desabrigadas, são aquelas que deixaram as casas em virtude do desastre e que precisam de abrigo público;
  • 14 casas foram destruídas pelos temporais.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta sobre perigo em todas as cidades do Paraná, em virtude dos temporais.

Os avisos indicam que pode chover entre 50 e 100 mm por dia, com registro de ventos intensos de 60 a 100 km/h e queda de granizo.

Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos em todo o Paraná.

O alerta é válido deste domingo (29) até, pelo menos, às 10h de segunda-feira (30).

Tornado e casas arrastadas por rio
Um tornado passou por São José da Boa Vista, no Norte Pioneiro, na tarde deste sábado (28). O fenômeno foi confirmado pelo Climatempo e filmado por moradores, por volta das 15h.

Os fortes ventos causaram diversos estragos no município, principalmente na área rural. Árvores caíram, casas ficaram destelhadas e uma cooperativa registrou diversos estragos. Ninguém se feriu, segundo a Defesa Civil.

Região central

Em Imbituva, na região central do Paraná, uma moradora da área rural registrou neste sábado as proporções dos alagamentos causados pelas fortes chuvas.

Sudoeste

Em Dois Vizinhos, no sudoeste, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), ficou alagada após o forte temporal que atingiu o município no sábado. Segundo a prefeitura, mais de R$ 500 mil em medicamentos foram perdidos. Equipamentos também estragaram.

Também no sudoeste paranaense, um sofá e duas geladeiras foram arrastadas com a força da água do temporal em Boa Esperança do Iguaçu.

Imagens feitas neste sábado mostram uma casa inteira sendo levada pela correnteza do Rio das Cobras, em Nova Laranjeiras, na região central.

Ao todo, cinco casas foram arrastadas pelas águas, segundo a Defesa Civil. No vídeo é possível ver a residência de madeira desaparecendo no leito do rio.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, o nível do rio aumentou rapidamente com a forte chuva registrada na sexta e no sábado. As casas ficavam às margens do rio, em uma área considerada de risco, segundo o órgão.

Com informações do G1

Veja também

Últimas Noticias