quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Comissão aprova isenção de ITR para geração renovável em propriedade rural

O Projeto de Lei 6146/19 foi relatado pelo deputado Dilceu Sperafico (PP-PR), que apresentou um substitutivo.
(Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados)
(Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara do Deputados aprovou projeto que isenta do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) as propriedades que produzem energia elétrica a partir de biomassa, biogás, pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) com potência de até 30 megawatts (MW) ou placas fotovoltaicas com capacidade de geração até 3 MW.

O Projeto de Lei 6146/19 foi relatado pelo deputado Dilceu Sperafico (PP-PR), que apresentou um substitutivo. Originalmente, a proposta prevê a isenção do ITR apenas aos produtores rurais que utilizam biomassa na geração de energia. Sperafico incluiu as outras fontes renováveis.

Ele disse que a proposta contribui para o autossuprimento nas propriedades e a conservação do meio ambiente. “Diversos países, incluindo o Brasil, têm se comprometido com protocolos ambientais voltados para o aumento da utilização de fontes alternativas de energia”, disse o relator.

O texto aprovado altera a Lei 9.393/96, que regulamenta o ITR, imposto de competência federal pago anualmente pelos proprietários de imóveis rurais.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Com informações da Agência Câmara de Notícias

Veja também
Reajuste dos salários dos servidores municipais de Marechal Rondon será de 5,5%

Reajuste dos salários dos servidores municipais de Marechal Rondon será de 5,5%

Alto escalão da Prefeitura e vereadores terão reajuste menor: 3,71%.

Segunda parcela do IPVA de veículos com final de placa 7 e 8 vence nesta quinta-feira

Segunda parcela do IPVA de veículos com final de placa 7 e 8 vence nesta quinta-feira

Ao longo desta semana, os contribuintes que escolheram o parcelamento em cinco vezes devem efetuar o pagamento da segunda cota do imposto, sem a incidência de juros.

Governo quer usar antecipação da privatização da Eletrobras para baratear contas de luz, diz ministro

Governo quer usar antecipação da privatização da Eletrobras para baratear contas de luz, diz ministro

Alexandre Silveira afirma que proposta seria descontar títulos da União para quitar dívidas feitas pelas distribuidoras quando financiaram “Conta Covid” e bandeira de “escassez hídrica”.