Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Comportas de barragem em SC são fechadas após chuva superar 100 milímetros em 12 horas

Várias cidades estão em atenção para o risco alto de enxurradas, alagamentos e deslizamentos.

As comportas das barragens de Taió e Ituporanga, no Vale do Itajaí, foram fechadas nesta quarta-feira após o alto volume de precipitação no Estado e previsão de novos temporais. Nas últimas 12 horas o município de Taió, por exemplo, registrou 103 milímetros de chuva.

Entre terça-feira (3) e esta quarta (4), casas foram destelhadas, vias foram alagadas e cidades ficaram sem energia elétrica. Em Chapecó, maior cidade do Oeste, uma motociclista ficou ferida depois que bateu contra galhos em uma rua.

De acordo com a Defesa Civil, a chuva pode superar os 100 milímetros em algumas regiões ao longo do dia. As cidades estão em atenção para o risco alto de enxurradas, alagamentos e deslizamentos.

Para entender então o que significam os volumes de chuva, o cálculo deve ser feito em milímetros e metro quadrado. Em um espaço de um metro por um metro, 1 litro de água subiria até a marca de 1 milímetro. Ou seja, 1 milímetro de chuva equivale a 1 litro de água por metro quadrado. Em um caso onde o volume de chuva registrado é de 100 mm, seriam 100 litros de água em cada metro quadrado.

Na barragem de Ituporanga, quatro das cinco foram fechadas. Já em Taió, todas as sete existentes foram trancadas. A informação foi confirmada pela Defesa Civil regional.

As estruturas são usadas exclusivamente para a contenção de cheia na região do Vale do Itajaí. Quando há chuva intensa, elas são fechadas para evitar inundações.

Telefones para pedir ajuda:

  • Corpo de Bombeiros: 193;
  • Polícia Militar: 190;
  • Defesa Civil: 199.

Com informações do G1

Veja também

Últimas Noticias