quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Dono de chácara em que família morreu eletrocutada será ouvido pela polícia

A investigação vai apurar se há responsabilidade criminal a ser imputada no caso, segundo o delegado.

O delegado Gabriel Fontana, da Polícia Civil de Rio Branco do Sul, afirmou na segunda-feira (5) que o dono da chácara em que mãe e dois filhos morreram eletrocutados, será ouvido nesta semana. Rosely Santos, de 54 anos, e os filhos dela, Emily Santos, de 23 anos, e o adolescente Agner Coutinho, de 13 anos, estavam em uma piscina quando cabos de alta tensão caíram na água durante um temporal.

“Já foram agendadas as oitivas tanto com o proprietário da chácara quanto com pessoas que estavam na localidade no dia dos fatos, estas pessoas serão ouvidas ao longo desta semana, para esclarecer como foi a dinâmica do evento”, relatou o delegado.

O delegado ainda afirmou que a equipe está em diligências e realiza perícia complementar na propriedade. “As diligências são no sentido de buscar junto aos órgãos competentes se aquele estabelecimento comercial, aquela chácara que também funcionava como parque aquático, tinha autorização para funcionar como parque aquático e, se tinha o alvará de funcionamento, quem emitiu, quem fiscalizava esta chácara”, explicou o delegado.

A investigação vai apurar se há responsabilidade criminal a ser imputada no caso, segundo o delegado.

Com informações da Ric Mais

Veja também
FPA discute estratégias diante da previsão de quebra de safra

FPA discute estratégias diante da previsão de quebra de safra

Parlamentares também trataram do impacto da política externa com Israel, Reoneração da Folha de Pagamentos, protestos dos países europeus e greve dos fiscais agropecuários.

Presidente do STF nega 192 pedidos de afastamento de Moraes dos inquéritos sobre ataques do 8/1

Presidente do STF nega 192 pedidos de afastamento de Moraes dos inquéritos sobre ataques do 8/1

Desde dezembro, a Corte tem sido acionada por advogados dos réus denunciados pelos ataques às sedes dos Três Poderes.

ApexBrasil e Abipesca investirão R$ 8 milhões para alavancar a exportação de pescados

ApexBrasil e Abipesca investirão R$ 8 milhões para alavancar a exportação de pescados

Desse valor, R$ 4,8 milhões (60%) vão ser aportados pela ApexBrasil e R$3,2 milhões (40%) virão como contrapartida da Abipesca.