Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Flagrada com placa adulterada, condutora diz à PM que cão comeu lacre da original e é detida em SC

Segundo a Polícia Militar, nova placa da motocicleta tinha registro de furto.

Uma mulher de 19 anos, sem habilitação, foi detida após pilotar uma moto com a placa adulterada em Bombinhas, no Litoral Norte de Santa Catarina, na noite de sábado (25). À PM, ela disse que o cachorro havia comido o lacre da placa original e precisou pegar outra para transitar.

A suspeita foi encaminhada pela PM à delegacia em Itapema, na mesma região. O g1 SC buscou a Polícia Civil neste domingo (26), mas não teve retorno até a última atualização do texto.

Segundo a Polícia Militar, a condutora estava “muito nervosa” e disse que a placa com registro de furto foi cedida por um jovem que trabalha juntando objetos na rua, perto da casa dela, após pedir ajuda a ele.

O flagrante ocorreu após os policiais serem informados que a Honda Biz, com registro de furto no sistema de segurança, estaria circulando pela região. Câmeras de monitoramento registraram a motocicleta saindo da cidade.

Policiais se posicionaram em pontos estratégicos. A abordagem foi feita na Avenida Governador Celso Ramos, próximo da servidão Berto Costa.

Segundo o código penal brasileiro, adulterar sinais de identificação de veículos é um crime com pena de três a seis anos de prisão, além do pagamento de multa.

Com informações do G1

Veja também