sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Funcionários da C.Vale fazem um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da explosão

Entre as autoridades estavam o presidente da cooperativa, Alfredo Lang, e o comandante do 4º Grupamento de Bombeiros de Cascavel, tenente-coronel Rogério Lima de Araújo.

Funcionários da C.Vale em cinco estados brasileiros e no Paraguai fizeram, nesta quarta-feira, 2 de agosto, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da explosão do dia 26 de julho. Eles paralisaram, por um minuto, suas atividades exatamente às 17h01, horário em que ocorreu a explosão em armazéns de grãos uma semana atrás. Na sede da cooperativa, em Palotina (PR), flores foram depositadas em homenagem aos oito trabalhadores haitianos e a um brasileiro que faleceram em decorrência do acidente.

Entre as autoridades estavam o presidente da cooperativa, Alfredo Lang, e o comandante do 4º Grupamento de Bombeiros de Cascavel, tenente-coronel Rogério Lima de Araújo. Phedner Fene, funcionário do abatedouro de frangos da C.Vale, representou os funcionários haitianos da cooperativa. Já na noite desta quarta-feira, ocorreu uma missa de sétimo dia na Igreja Matriz de Palotina.

Agora no início da noite, mais um dos feridos recebeu alta. Viviane Fernandes Nunes, de 40 anos, funcionária da C.Vale, deixou o Hospital Policlínica, de Cascavel. Com isso, diminui para cinco o número de pessoas internadas. São quatro brasileiros e um haitiano sendo atendidos em Londrina, Cascavel e Curitiba.

 

Com Asssessoria

Veja também
O agronegócio brasileiro e o abandono da infraestrutura do País – Dilceu Sperafico

O agronegócio brasileiro e o abandono da infraestrutura do País – Dilceu Sperafico

O autor é deputado federal pelo Paraná e ex-chefe da Casa Civil do Governo do Estado.

Mãe é presa após produzir e vender conteúdo sexual da própria filha de quatro anos no Piauí

Mãe é presa após produzir e vender conteúdo sexual da própria filha de quatro anos no Piauí

A presa alega que foi ameaçada e obrigada a produzir os vídeos, diz delegado.

Condenado por estuprar e engravidar a própria filha, homem é preso 10 anos após crime em MS

Condenado por estuprar e engravidar a própria filha, homem é preso 10 anos após crime em MS

Conforme as informações divulgadas pela Polícia Civil, o homem foi sentenciado a 14 anos, 10 meses e 15 dias em regime fechado pelo crime de estupro.