Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Idosa morre afogada ao tentar acessar sacada de casa em área inundada por chuvas em SC

Ela estava em uma canoa, única forma de se locomover pelas ruas da cidade, quando se desequilibrou e caiu, segundo divulgação da prefeitura.
(Foto: Rafael Dell Antônia/Reprodução)

Uma idosa morreu afogada ao tentar acessar a sacada de uma casa que teve o primeiro andar inundado pela água em Rio do Sul, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Ela estava em uma canoa, única forma de se locomover pelas ruas da cidade, quando se desequilibrou e caiu, segundo divulgação da prefeitura.

O município está debaixo d’água por causa das chuvas que castigam o estado nos últimos 15 dias. A idosa, de 75 anos, é a terceira vítima morta em consequência das enchentes neste mês no estado. Além de Rio do Sul,Taió, Rio do Oeste e Laurentino seguem inundados.

Olívia Becker Berto estava com o marido no momento do acidente, na tarde de sábado (14). Ele não se feriu. A identidade da idosa foi confirmada por familiares ao g1. Uma familiar relatou que Olívia tentava retornar para casa no momento da queda. Os bombeiros foram acionados e retiraram o corpo da água.

Após o acidente, a Defesa Civil de Rio do Sul fez um alerta sobre o uso de barcos: pediu para que a população não use embarcações sem experiência e que os moradores de áreas alagadas não caminhem, andem de bicicleta ou usem veículos em pontos inundados.

O Rio Itajaí-Açu estava com 10,29 metros em Rio do Sul às 18h50min de sábado, quando os bombeiros divulgaram a morte da idosa. Na madrugada de sexta-feira (13), ele atingiu o pico de nível máximo com 11,86 metros.

Conforme o último boletim da prefeitura, são 509 famílias do município em abrigos, um total de 1.469 pessoas. Dessas, 330 são crianças.

Com informações do G1

Veja também