sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Justiça determina prisão de casal que raptou a menina Ágata

A mãe biológica da criança e o namorado são considerados foragidos.

A mãe biológica de Ágata Sofia Saraiva e o namorado dela, os dois acusados de raptar a menina de três anos, a partir de agora, são considerados foragidos da Justiça. A menina faz parte do Programa Família Acolhedora e foi vista pela última vez na quinta-feira (11).

A mãe biológica é Emily Santos Saraiva, de 18 anos, nascida em 11 de abril de 2005. Ela é natural de Suzano (SP). O namorado dela é Maicon Henrique Paco. Eles são acusados de subtração de incapaz, sequestro e cárcere privado.

O Poder Judiciário acatou o pedido de prisão solicitado pela Polícia Civil de Cascavel (PR), que investiga o caso. Os mandados foram expedidos pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra À Mulher, da Vara de Crimes Contra Crianças, Adolescentes e Idosos.

Em entrevista ao Portal Catve.com, o secretário de Assistência Social do Município, Hudson Moreschi, disse que a criança foi retirada da família acolhedora sem autorização. Por isso, o crime é considerado um rapto.

Investigações da Polícia Civil

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Ágatha Saraiva estava em frente à casa onde morava com a família acolhedora quando um veículo passou e a levou. Policiais militares e guardas municipais apreenderam o carro utilizado na prática do crime na madrugada de sexta-feira (12).

Segundo a Polícia Civil, o veículo pertence aos familiares do namorado de Emily Santos Saraiva e foi restituído ao proprietário. Testemunhas já foram ouvidas e ações são realizadas para localizar a criança e o casal.

Com informações da Catve

Veja também
Condenado por estuprar e engravidar a própria filha, homem é preso 10 anos após crime em MS

Condenado por estuprar e engravidar a própria filha, homem é preso 10 anos após crime em MS

Conforme as informações divulgadas pela Polícia Civil, o homem foi sentenciado a 14 anos, 10 meses e 15 dias em regime fechado pelo crime de estupro.

Homem se esconde em carro para matar mulher e solta veículo em ladeira para simular acidente em SC

Homem se esconde em carro para matar mulher e solta veículo em ladeira para simular acidente em SC

Segundo a Polícia Civil, suspeito tentou fingiu acidente para ocultar o crime.

Padilha diz que governo tem compromisso para pagamento de emendas

Padilha diz que governo tem compromisso para pagamento de emendas

Cronograma de liberação de recursos está sendo definido.