Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Mãe e dois filhos morrem após fiação elétrica romper e cair dentro de piscina no interior do PR

Outras 9 pessoas também precisaram de atendimento médico.

Uma mãe e dois filhos morreram na tarde de domingo (4) depois que uma fiação elétrica foi atingida por um galho de pinheiro, rompeu e caiu dentro da piscina onde eles estavam. O caso ocorreu em uma chácara, em Rio Branco do Sul, por volta das 14h30, segundo o Corpo de Bombeiros.

As vítimas são Roseli da Silva Santos, de 40 anos, a jovem Emily Raiane de Lara, de 23 anos, que estava grávida, e o adolescente Agner Cauã Coutinho dos Santos, de 17 anos.

Conforme os bombeiros, após o acionamento da corporação, diversos recursos foram disponibilizados para o atendimento, porém, houve dificuldades de encontrar a localização exata devido à falta de sinal de operadora de celular.

Um helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) foi deslocado ao local, mas não conseguiu aproximação “devido as condições atmosféricas não favoráveis para a aviação”, informaram os bombeiros.

As vítimas foram encaminhadas por outras pessoas presentes no local e pelo Samu até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rio Branco do Sul. As vítimas graves, com apoio do Corpo de Bombeiros foram transferidas para Hospital Evangélico, em Curitiba.

Segundo testemunhas, cerca de 40 pessoas estavam no local que foi alugado pelo grupo. Ainda segundo elas, não chovia na hora do acidente, mas ventava forte no local, momento em que um galho de pinheiro caiu sobre a fiação elétrica, causando o rompimento.

A Polícia Civil apura o caso.

Feridos
As pessoas feridas, conforme boletim divulgado pelo bombeiros são:

  • Ferido grave:
    Homem de 25 anos
  • Feridos moderados
    Homem de 27 anos
    Adolescente (feminino) de 17 anos
  • Feridos leves:
    Menino de sete anos
    Adolescente (masculino) 14 anos
    Adolescente (feminino) 12 anos
    Adolescente (masculino) 12 anos
    Homem de 32 anos
    Mulher de 34 anos

Com informações do G1

Veja também