Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Mãe e filha que foram diagnosticadas com câncer estão curadas: ‘É como se o nosso elo fosse uma armadura’

Sophia tinha 5 anos quando começou a tratar uma leucemia. Enquanto ainda se adaptava às dificuldades e cuidava da filha, Viviane, mãe da menina, descobriu um câncer de mama.
(Foto: Hospital do Câncer de Muriaé/Divulgação)

O elo entre mãe e filha é algo único, e a história de Viviane e da filha Sophia, moradoras da cidade de Muriaé, na Zona da Mata mineira, é um exemplo. Enquanto a menina, agora com 10 anos, enfrentava a leucemia, a mãe dela recebeu o diagnóstico de câncer de mama.

Sophia tinha 5 anos quando foi diagnosticada com a doença, em 2018, e começou o tratamento no Hospital do Câncer de Muriaé. Enquanto ainda se adaptava às dificuldades da filha, a vida de Viviane também mudou.

Apesar do desespero inicial, a mãe contou que o desafio de lidar com o câncer ao lado da menina ajudou encarar a própria doença. Juntas, compartilharam mais do que uma história médica.

“Quando descobri o câncer, meu mundo virou de cabeça para baixo, mas a força que eu encontrei ao lado da minha pequena Sophia foi o que me manteve determinada”, disse.
Após passarem por sessões de quimioterapia, as duas estão curadas e atualmente fazem acompanhamento periódico.

“É como se o nosso elo fosse uma armadura, e juntas, não havia desafio que não pudéssemos superar”, complementou Viviane.

Agora, a pequena Sophia disse que sonha em ser hematologista para cuidar de outros pacientes.

Com informações do G1

Veja também