sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Mapa publica o registro de mais 51 agrotóxicos para controle de pragas na agricultura

Até novembro deste ano foram abertos 73 novos mercados para produtos do agronegócio brasileiro.
(Foto: Divulgação/Mapa)
(Foto: Divulgação/Mapa)

O Ato nº 52 do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária, publicado nesta terça-feira (05), no Diário Oficial da União, traz o registro de 51 produtos formulados, ou seja, defensivos agrícolas que efetivamente estarão disponíveis para uso pelos agricultores. Desses, nove são de baixo impacto.

A linha de produtos biológicos para controle de pragas conta com um produto que contêm em sua composição Bacillus thuringiensis e Brevibacillus laterosporus. O Bacillus thuringiensis, conhecido por muitos como BT, já é bastante utilizado no controle de pragas. A inovação nesse caso está por conta da bactéria Gram-positiva Brevibacillus laterosporus. Já existem vários estudos que relatam essa bactéria controlando alguns tipos de insetos, mas esse produto aprovado foi registrado para o controle de Chrysodeixis includens (falsa medideira), Tuta absoluta (traça-do-tomateiro) e Spodoptera frugiperda (lagarta do milho).

Também foi registrado um produto a base de extrato de Argemone mexicana, que é uma planta utilizada popularmente alguns países como terapêutica. O produto a base de setrato de planta foi registrado para controle de Bemisia tabaci biótipo B em melão e tomate; Dalbulus maidis no milho; Euschistus heros na soja.

Até o momento, no ano de 2023 já foram registrados 72 produtos de baixo impacto. No total já são 489 novos produtos que podem estar disponíveis aos agricultores, o que evidencia a crescente preocupação com práticas agrícolas sustentáveis.

Já em relação aos produtos químicos registrados, a inovação se dá por parte de misturas de ativos já registrados. Muitos desses são produtos que se comparados a forma de registro dos medicamentos seriam os chamados produtos genéricos. O registro de defensivos genéricos é importante para diminuir a concentração do mercado e aumentar a concorrência, o que resulta em um comércio mais justo e em menores custos de produção para a agricultura brasileira.

Os demais produtos utilizam ingredientes ativos já registrados anteriormente no país.

Todos os produtos registrados foram analisados e aprovados pelos órgãos responsáveis pela saúde, meio ambiente e agricultura, de acordo com critérios científicos e alinhados às melhores práticas internacionais.

Com informações do Mapa

Veja também
TRE do Paraná marca julgamento de processo que pode cassar Moro para 1º de abril

TRE do Paraná marca julgamento de processo que pode cassar Moro para 1º de abril

Julgamento tinha sido adiado enquanto TRE aguardava nomeação de sétimo membro do colegiado.

Sancionado o programa “Inova Marechal” de estímulo à pesquisa e ao desenvolvimento

Sancionado o programa “Inova Marechal” de estímulo à pesquisa e ao desenvolvimento

Segundo o prefeito Marcio Rauber, a iniciativa do Poder Executivo foi pensada visando o crescimento do município, das empresas, na geração de empregos e renda, e reconhecendo o potencial econômico que o município tem, buscando impulsionar a prosperidade local e promover o avanço econômico da comunidade local.

Policial militar é condenado a 13 anos e seis meses por estupro no Paraná

Policial militar é condenado a 13 anos e seis meses por estupro no Paraná

Ele é acusado de estuprar duas mulheres em situação de rua.