Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Marechal Rondon está em alerta para o risco de epidemia de dengue

Marciane Specht, secretária municipal de Saúde, expõe que a procura de pacientes aumentou de forma expressiva na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) devido aos sintomas de dengue.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de endemias, alerta a comunidade rondonense sobre o iminente risco de epidemia de dengue. Conforme dados obtidos junto ao SINAM (Sistema Nacional de Atendimento Médico), o total de notificações foi de 909 casos no período de 1º de agosto do ano passado até sábado (24), dos quais 44 casos positivos de dengue em Marechal Cândido Rondon.

Marciane Specht, secretária municipal de Saúde, expõe que a procura de pacientes aumentou de forma expressiva na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) devido aos sintomas de dengue. Na última segunda-feira (19), foram 212 atendimentos, outros 185 na terça (20), 198 na quarta (21), 228 na quinta (22), 184 na sexta-feira (23), 204 no sábado (24) e 177 no domingo (25). “Atualmente, as regiões com os maiores índices de notificações são os bairros Marechal, Recanto Feliz e São Francisco, além do distrito de Porto Mendes”, menciona.

No que tange às notificações, foram 659 nos dois primeiros meses deste ano, das quais 39 resultaram em casos positivos de dengue. “Houve 50 notificações nos dias 19 e 20 de fevereiro, e outras 78 notificações nos dias 21 e 22, o que representa aumento de 56%. A nossa sugestão é de que toda a comunidade redobre os cuidados para eliminar possíveis focos e assim, evitar uma epidemia de dengue”, frisa Marciane.

Orientação
Outros municípios da região já atravessam uma epidemia de dengue, e em Marechal Rondon os setores competentes trabalham na tentativa de que não seja registrada epidemia.

Os agentes de endemias têm ampliado as visitas nas residências e empresas, enquanto os profissionais da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Sustentável estão fiscalizando terrenos baldios. A orientação, neste sentido, é de que além dos cuidados nas residências e empresas, os proprietários mantenham limpos os seus terrenos. Caso não sejam limpos, serão aplicadas multas.

Com Assessoria

Veja também