Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Noivo deixa festa do próprio casamento após casa dele ser invadida por criminosos em SC

Furto pôde ser visto pelo sistema de videomonitoramento, disponível no celular dele. Suspeitos não foram localizados.

Um noivo precisou pausar a própria festa de casamento ao descobrir que a própria casa estava sendo invadida por criminosos em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina.

Ao g1 SC, André Daneluz contou que abandonou a sessão de fotos com a esposa, que ocorria em um salão no bairro Vista Alegre, no sábado (3), para tentar interromper o furto, confirmado por videomonitoramento no celular.

Os suspeitos não estavam mais residência quando ele chegou ao local, mas foram localizados pelo noivo no caminho de volta à festa. Segundo a vítima, dois homens estavam dentro de um carro, que trafegava com uma porta aberta, levando a TV do casal, único item recuperado pelos noivos.

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos bateram o veículo e fugiram pelo matagal.

Pausa no casamento
Conforme André, uma vizinha percebeu uma movimentação estranha na casa dele, na linha São Paulo, interior do município, a cerca de 9 quilômetros da festa, e entrou em contato com a irmã, que estava trabalhando no casamento.

Noivo, irmão e primo, então, se dirigiram à residência invadida, mas os suspeitos já tinham saído quando o trio entrou no imóvel.

“Quando eu cheguei lá, me deparei com a casa toda aberta, toda revirada, e a luz ligada. Não tinha o televisor que ficava na sala.

Eu fiquei ali, olhei para lá e para cá, e estava beleza. No momento, eu não consegui perceber o que tinham roubado. Eu já estava com cabeça lá no casamento também”, comentou.

O pai e o primo do noivo ficaram no local para resolver as pendências com a Polícia Militar, liberando o André para voltar à festa e dançar a valsa com a esposa.

No caminho de volta, no entanto, ele passou por um carro que trafegava com a porta aberta, ainda perto de casa.

“Eu olhei bem e vi que eles se apavoraram. Nisso, eu tranquei, e eles já quiseram abrir fuga”, comentou.

O g1 SC questionou a Polícia Civil, nesta quarta-feira (7), sobre a identificação dos suspeitos, mas não teve retorno até a última atualização do texto.

Prejuízo
Só após o casamento foi possível notar a ausência de joias, relógios, bebidas, roupas e uma quantia de dinheiro.

“Até hoje a gente tem que fazer complemento no boletim de ocorrência de coisas que sumiram e a gente vai descobrindo aos poucos”, informou.

Com informações do G1

Veja também