Terça, 18 de Janeiro de 2022
29°

Poucas nuvens

Nova Santa Rosa - PR

Agricultura Rio Grande do Sul

Subsídio de 100% no Programa Troca-Troca vale para produtores que residam em municípios com decreto de emergência homologado

Para os produtores rurais receberem o subsídio de 100% dos valores do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo para a safra 2021/2022, é preciso que o município onde residam tenha o decreto de emergência por causa da estiagem homologado.

11/01/2022 às 17h35 Atualizada em 12/01/2022 às 12h43
Por: Redação Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
Programa Troca-Troca fomenta o cultivo de milho (foto) e sorgo no RS - Foto: Fernando Dias/Ascom Seapdr
Programa Troca-Troca fomenta o cultivo de milho (foto) e sorgo no RS - Foto: Fernando Dias/Ascom Seapdr

Para os produtores rurais receberem o subsídio de 100% dos valores do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo para a safra 2021/2022, é preciso que o município onde residam tenha o decreto de emergência por causa da estiagem homologado pelo governo do Estado. Até esta terça-feira (11/1), o Rio Grande do Sul contabiliza 53 municípios nesta situação (acompanhe atualizações na página da Defesa Civil).

O subsídio foi autorizado pelo governador Eduardo Leite em reunião com a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, na semana passsada.

O Troca-Troca subsidia 28% do valor da semente oferecida, e os produtores rurais têm até o final de abril para pagar os 72% restantes. “Até abril, o governo do Estado terá um panorama mais claro sobre quais municípios decretaram situação de emergência e quais tiveram seus decretos homologados para poder orçar o valor total que será destinado para o subsídio”, explica o diretor de Agricultura Familiar e Agroindústria da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Flavio Smaniotto.

Caso o agricultor beneficiado com a subvenção de 100% já tenha efetuado o pagamento que lhe cabia para a prefeitura, sindicato ou cooperativa, que operacionalizam o programa, estas entidades farão o ressarcimento.

A secretária Silvana diz que o governo está sensível aos pedidos dos agricultores e, desde os primeiros dias do ano, o governador Eduardo Leite já autorizou que a Seapdr providenciasse a ampliação do Troca-Troca, bem como do Programa de Sementes Forrageiras, que incentiva a implantação de pastagens principalmente para atender às necessidades do rebanho leiteiro. “Estamos buscando todas as ações que estiverem ao nosso alcance, de forma rápida, para mitigar os efeitos da estiagem que castiga novamente o nosso Estado”, destaca.

Para a safra 2021/2022, o Programa Troca-Troca de Sementes recebeu pedidos de mais de 122 mil sacas de sementes, a maioria de milho, vinda de 43,6 mil agricultores. O programa foi acessado por 491 entidades, sendo 287 prefeituras, 200 sindicatos de trabalhadores rurais e de agricultores familiares/rurais e quatro associações/cooperativas, com abrangência em 391 municípios do Estado.

Texto: Ascom Seapdr
Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Nova Santa Rosa - PR Atualizado às 08h23 - Fonte: ClimaTempo
29°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 38°

Qua 36°C 22°C
Qui 37°C 22°C
Sex 36°C 23°C
Sáb 36°C 23°C
Dom 40°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias