Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Novo ciclone extratropical e frente fria deixam o Sul em alerta

Na quinta (05), esta frente se afasta mais para o oceano e o tempo volta a ficar firme em grande parte da Região.

A primeira semana do mês de outubro começa com destaque para baixas temperaturas e o tempo firme na maior parte da Região – com exceção do leste e norte do Paraná, que ainda podem receber algumas pancadas isoldas. A passagem de uma frente fria reforça a entrada do ar polar, que neste começo de segunda-feira (02), derruba as temperaturas sobre as regiões dos Vales em Santa Catarina e no estado do Rio Grande do Sul, além das áreas de serra e planalto.

O amanhecer pode começar com geada, mas, ao longo do dia, o sol aparece e as temperaturas ficam agradáveis. A partir de terça-feira (03), a chuva volta a ganhar força, devido à uma mudança no padrão da circulação de vento, espalhando nuvens carregadas na maior parte da Região.

Na terça, com a baixa pressão e o fluxo de umidade em baixos níveis, o tempo volta a ficar instável, principalmente no centro-oeste do Rio Grande do Sul e oeste de Santa Catarina, onde podem ocorrer pancadas fortes com raios e ventos moderados.

Formação de novo ciclone

Na quarta, essa baixa pressão dá origem à um ciclone extratropical em alto mar, e ao longo do dia o sistema dá origem a uma frente fria. Novamente: o sistema não se forma sobre nenhum estado da Região Sul e muito menos, atua diretamente sobre eles- mas, é mais um reforço para a formação destas instabilidades, das nuvens carregadas, dos temporais e da ventania. O tempo fica mais encoberto e há risco para temporais no norte do Rio Grande do Sul e no centro-oeste de Santa Catarina. No Paraná, a chuva terá mais influência devido ao deslocamento da frente fria em direção ao Sudeste que vai reforçar muitas nuvens, também sobre o estado paranaense, com potencial para pancadas fortes.

Na quinta (05), esta frente se afasta mais para o oceano e o tempo volta a ficar firme em grande parte da Região. Chove, apenas, no Paraná, mas, sem indicativo de chuva forte e/ou temporais. A tendência até o final desta semana é de a atuação de um cavado que novamente vai favorecer um fluxo maior de umidade sobre a Região. A semana vai terminar com temporais de novo, em especial sobre o interior do Sul do país.

Com informações do Clima Tempo

Veja também