sexta-feira, 1 de dezembro de 2023

sexta-feira, 1 de dezembro de 2023

Reajuste dos servidores públicos estaduais começa a ser pago nesta quinta-feira

O reajuste geral é de 5,79%.
(Foto: Roberto Dziura Jr./AEN)
(Foto: Roberto Dziura Jr./AEN)

O reajuste salarial de 5,79% para os servidores públicos do Paraná, implantado na folha de pagamento de agosto, será depositado para 283 mil servidores (entre ativos e aposentados) na próxima quinta-feira (31). A proposta de reajuste, a maior dos últimos sete anos, foi apresentada pelo Governo do Paraná e aprovada pela Assembleia Legislativa do Paraná em julho. Entre 2021 e 2022, em decorrência da pandemia e por imposição da Lei Federal 173/20, não houve reajuste.

O reajuste faz parte de um pacote de medidas apresentadas pelo Governo do Paraná para valorizar o funcionalismo público estadual e promover melhorias em diversas áreas, incluindo a educação, saúde e outras carreiras do setor público.

Para os professores estaduais, será implantado um reajuste de 13,2%, a fim de equiparar os salários da base com o piso nacional, mas com efeitos sobre toda a carreira. Para os professores com carga horária de 40 horas semanais, a remuneração final mínima vai ultrapassar os R$ 6 mil, já que a folha de pagamento também contabiliza uma gratificação de R$ 800 e vale-transporte. Outras carreiras com reajuste serão a dos policiais militares e bombeiros militares, com 8,1% sobre toda a folha.

Além disso, diversas carreiras passaram por reestruturação no primeiro semestre, resultando em ganhos salariais para os profissionais. Isso inclui o Quadro Próprio de Servidores da Saúde (QPSS), com aproximadamente 6 mil servidores impactados, a Polícia Científica e a Polícia Civil. As mudanças contemplaram novas regras para o desenvolvimento profissional e uma nova tabela salarial.

Também houve mudança no ensino superior com a reestruturação da Carreira Técnica Universitária, proporcionando uma maior harmonização em relação às demais carreiras. Com 18 classes e planos de capacitação específicos, os agentes universitários tiveram suas condições de trabalho aprimoradas. As carreiras dos procuradores e funcionários da Agência Reguladora do Paraná (Agepar) foram beneficiadas com novas estruturas.

De acordo com a estimativa do Governo do Paraná, as mudanças terão um impacto de R$ 1,6 bilhão ainda em 2023 nos cofres estaduais. “Esse trabalho envolveu todo o Governo do Paraná e teve como objetivo valorizar os servidores estaduais que estavam há dois anos com os salários congelados por conta da pandemia, além de modernizar muitas carreiras e também garantir a sustentabilidade e a saúde financeira do Estado”, explica o secretário da Administração, Elisandro Frigo.

Com informações da AEN

Veja também
Carro capota no interior de Mercedes e fica destruído

Carro capota no interior de Mercedes e fica destruído

O carro ficou destruído e parou em meio a uma lavoura de soja.

Consumo do brasileiro cresceu 4,24% em outubro, aponta Abras

Consumo do brasileiro cresceu 4,24% em outubro, aponta Abras

Alta pode ser atribuída à inauguração de novas lojas e promoções.

Programa Mamãe Nota 10 garante kits maternidade para gestantes atendidas na saúde pública rondonense

Programa Mamãe Nota 10 garante kits maternidade para gestantes atendidas na saúde pública rondonense

O objetivo é assegurar os itens básicos para as primeiras semanas de vida do bebê.