Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Soja: preços caem em janeiro; média no Paraná atinge menor patamar desde 2020

O cenário reflete a oferta acima da demanda; na esfera internacional, interesse chinês na oleaginosa segue enfraquecido.
Foto: Jaelson Lucas / Arquivo AEN
Foto: Jaelson Lucas / Arquivo AEN

Os preços da soja caíram em janeiro, refletindo a oferta acima da demanda. Para o Indicador ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá (PR), a média mensal foi de R$ 126,93/saca de 60 kg e para o Indicador CEPEA/ESALQ – Paraná, de R$ 121,18/sc, forte queda de 13% em relação a dez/23, para ambos – esses são os menores valores desde jul/20, em termos nominais.

Segundo pesquisadores do Cepea, a produção não está tão apertada como apontado por alguns agentes, há baixo volume comprometido com vendas antecipadas, e as perdas brasileiras devem ser mais que compensadas pelo acréscimo de produção na Argentina e no Paraguai.

Do lado da demanda, o interesse da China na soja nacional segue enfraquecido. Como resultado, os prêmios de exportação recuam, pressionando o mercado interno.

Com informações do Canal Rural

Veja também