Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Casal é condenado pela morte da filha de três meses em Marechal Cândido Rondon

Mulher condenada a 14 anos e três meses e o homem a 16 anos e sete meses.

Condenados pai e mãe acusados de matar a filha de três meses em Marechal Cândido Rondon. O Tribunal do Júri aconteceu no município na segunda-feira (2).

Durante o julgamento a mulher relatou que caiu no banheiro uma semana antes de buscar atendimento na unidade de Pronto Atendimento. Após algum tempo percebeu que a bebê não estava bem.

Já o pai informou que a bebê caiu da cama e que prestou socorro.

Após a apresentação do caso, a mãe foi condenada a 14 anos e três meses de reclusão em regime fechado. Já o pai deve cumprir 16 anos, sete meses e 15 dias de reclusão também em regime fechado. Eles foram condenados por homicídio qualificado.

SOBRE O CASO

A situação foi registrada no dia 27 de dezembro de 2022. De acordo com a PM, a bebê estava praticamente em óbito quando chegou na unidade de saúde para atendimento e nada pode ser feito.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) constatou a morte por traumatismo craniano. A vítima também sofreu lesões na face em decorrência das quedas.

Segundo a Polícia Civil, os pais foram acusados pelo crime de homicídio pela omissão imprópria. “Eles tinham o dever, a obrigação de cuidar daquela criança enquanto pais e foi feito o flagrante de ambos, recolhidos à cadeia pública e estão assim à disposição da Justiça”, finalizou o delegado Rodrigo Baptista Santos.

Com informações da Catve

Veja também

Últimas Noticias