terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada com deficiência

Ela contou que sua filha começou a gesticular que o padrasto tinha cometido o estupro, o que fez a mãe acionar a GM.

A Guarda Municipal de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, prendeu um homem de 55 anos suspeito de estupro contra a enteada, que tem deficiência mental.

A vítima de 32 anos estava sozinha em casa quando o padrasto, supostamente, pulou o muro do imóvel e abusou sexualmente da enteada.

O crime aconteceu no bairro Santa Terezinha na noite de sábado (3), por volta das 20h45, quando a mãe da vítima entrou em contato com a GM para fazer a denúncia contra o marido.

Padrasto suspeito de estupro contra enteada
A mulher contou aos policiais que tem uma filha com deficiência mental e, pela manhã, a mãe saiu para trabalhar e deixou a filha sozinha em casa.

Quando voltou, no fim da tarde, encontrou seu esposo dentro de casa – ele não tem as chaves de casa e, provavelmente, pulou o muro, segundo o relato da mãe.

Ela contou que sua filha começou a gesticular que o padrasto tinha cometido o estupro, o que fez a mãe acionar a GM.

O homem foi preso e levado até a delegacia da Polícia Civil para prestar esclarecimentos, enquanto mãe e filha foram encaminhadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, em seguida, ao Hospital de Clínicas para que a vítima fizesse exames que possam constatar o crime.

Com informações do Massa News

Veja também
Seis indígenas são presos por estupro coletivo contra adolescente no Paraná

Seis indígenas são presos por estupro coletivo contra adolescente no Paraná

Segundo o delegado Emanuel Fernandes Monteiro de Almeida, tanto os autores como a vítima pertencem à aldeia.

Polícia conclui inquérito de advogado encontrado carbonizado no Paraná

Polícia conclui inquérito de advogado encontrado carbonizado no Paraná

A motivação teria sido uma disputa por R$ 300 mil e um casal é acusado de cometer o crime.